Belém dá boas-vindas ao novo bispo auxiliar Dom Paulo Andreolli

Richard Kill
Richard Kill
4 Min Read

Clima de alegria, festa e gratidão tomou conta da Catedral Metropolitana de Belém na manhã deste domingo (15), durante a Ordenação Episcopal do novo bispo auxiliar da Arquidiocese de Belém, Dom Paulo Andreolli. Na ocasião, dezenas de fiéis deram boas-vindas ao missionário que foi escolhido ao cargo pelo Papa Francisco no dia 1º de fevereiro.

Agora, a Arquidiocese conta com dois bispos auxiliares: 7° Dom Antônio de Assis Ribeiro e 8° Dom Paulo Andreoli. Ao ser recebido pelo clero arquidiocesano e comunidade católica, o novo bispo agradeceu à confiança que estava sendo a ele depositada.

“Hoje meu ministério sacerdotal ganha mais uma etapa. Após aceitar este desafio, cheguei a ficar apreensivo. Mas depois, Deus me fez entender que a missão não é minha, mas Dele. E se Ele me escolheu, Ele me dará forças e me capacitará. Dou graças a Deus pela Igreja de Belém que me acolhe e me recebe, para cuidar da comunidade com o Dom Alberto e Dom Antônio. Não medirei esforços para servir essa porção de Igreja que a mim foi dada!”, discursou Dom Paulo Andreolli.

A solenidade teve como bispo ordenante, Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém e como co-ordenantes Dom Bernardo Johannes Bahlmann, Bispo da Diocese de Óbidos, do sudoeste do Estado, e Dom Adolfo Zon Pereira, Bispo da Diocese de Alto Solimões (AM).

“Você tem diante dos olhos o exemplo do bom pastor que foi servir e ser servido, e dar a vida pelas próprias ovelhas, como fez o nosso Senhor Jesus Cristo. E nós vemos em ti o claro chamado para Bispo Auxiliar de Belém. Para isso, desejo que sejam sempre renovadas as suas forças e seu amor, para seguir sua missão que é continuar anunciando o evangelho a todos”, disse o Arcebispo ao Dom Paulo Andreolli.

A cerimônia contou também com a presença de Dom Antônio de Assis Ribeiro, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belém, os bispos do Regional Norte II (Pará e Amapá), os amigos de Dom Andreolli: Dom Karel Marinus Choennie, bispo de Paramaribo (Suriname) e Dom Giuliano Brugnotto, bispo de Vicenza terra natal de Dom Paulo.

Além dos fiéis de Belém, duas caravanas da região do Xingu participaram da celebração. Alegres pela ordenação de quem serviu à comunidade do interior do Estado por tantos anos, eles exibiam faixas parabenizando Dom Paulo pela nova missão.

“Sabemos que o senhor está assumindo um grande desafio e acreditamos que o Espírito Santo vai continuar te guiando a cumprir sua missão entre os povos. Que sua alegria e amor missionário que tanto admiramos e conhecemos continue presente agora, como bispo”, disse Suzimar Ferreira, de São Félix do Xingu, durante homenagem ao Dom Paulo.

Dom Paulo Andreolli
Dom Paulo Andreolli, 50, é o 8° Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belém do Pará. Natural de Vicenza (Itália), foi ordenado Diácono no ano de 2000 e presbítero em setembro do mesmo ano. De 2000 a 2007 atuou na Animação Missionária e Vocacional e Coordenação de COMIPAs área pastoral da Diocese de Milão, na Itália.

No Pará, entre os anos 2007 a 2013, foi Vigário Paroquial na Paróquia de São Félix do Xingu, Prelazia do Xingu. De 2013 a 2017, foi Pároco na Paróquia de Tucumã, Prelazia do Xingu. Trabalhou de 2017 a 2019 na Animação Missionária e Vocacional com os Xaverianos, e colaborou na CRB, Subnúcleo 2 em Belém, com uso de ordem na Arquidiocese de Belém, na Paróquia São Francisco Xavier, desde 2017.

Share This Article
Leave a comment