Projeto “Música na Escola” culmina com apresentação para alunos e professores de 9 escolas municipais

Richard Kill
Richard Kill
4 Min Read

A música como reflexão (e reflexo) das transformações sociais na sociedade brasileira: com essa proposta, o projeto Música na Escola é trabalhado em sete escolas da rede municipal durante o ano, sob coordenação do professor de sociologia John Souza.

Com apoio da Prefeitura de Belém, via Secretaria Municipal de Educação (Semec), na noite desse sábado, 14, foi realizada a culminância do projeto no teatro Experimental Waldemar Henrique, com a participação de alunos, professores e servidores das escolas envolvidas na ação.

Censo crítico

O “Música na Escola” objetiva abrir o debate e despertar o censo crítico sobre os problemas sociais usando a música como mediadora.

O professor John Souza, coordenador do Música na Escola, é sociólogo e, desde 2013, desenvolve o projeto para as turmas de 8° e 9° anos nas escolas municipais Padre Leandro, Rotary, Liceu do Paracuri, Madalena Haad, Ida de Oliveira, João Nelson Ribeiro e Maria Heloísa.

Durante a programação no teatro Waldemar Henrique (que ficou lotado, a maioria estudantes), o público pôde apreciar um repertório recheado de letras ligadas às questões sociais, que durante todo o ano foram discutidas em sala de aula. Entre as obras, “Cálice”, de Chico Buarque e Gilberto Gil (pra discutir a censura); “Óculos”, da banda Paralamas do Sucesso (pra debater o bullying); “Pra não dizer que não falei das flores”, de Geraldo Vandré (para tratar de ditadura) e outras quatorze canções, sempre com fundo social.

A execução foi ao vivo, por uma banda formada pelo professor John (voz) e por alunos e amigos desses no instrumental e nos vocais.

Teve também interferência teatral durante as músicas, abrangendo temas ligados à liberdade de expressão e ao direito de existir com dignidade e respeito.

Para além da música

“Não é só música: o aluno não vem pra cá só pra escutar música, ele vem pra refletir sobre a sociedade, esse é o grande diferencial pra quem veio ao teatro hoje ver a Culminância do projeto ‘Música na Escola'”, definiu o professor John Souza.

Para a secretária municipal de Educação, Araceli Lemos, presente ao evento, foi uma noite inesquecível a todos no teatro.

“É inesquecível ver o teatro lotado de estudantes, com disposição e conhecimento para refletirem sobre os problemas do dia a dia da nossa sociedade através das letras das músicas,” comentou a secretária.

Ansiedade para assistir

A estudante Iasmin Leal Freitas, de 14 anos, do 9° ano da escola municipal Rotary, chegou 1 hora antes do evento porque era a primeira vez que entraria no Waldemar Henrique e não queria perder nada da apresentação.

“Cheguei bem cedo, estava muito ansiosa, mas foi tudo muito legal. Achei tudo muito bom e acolhedor, o professor John deixa a gente bem à vontade pra discutir”, comentou Iasmin. “Esse projeto mostra pra gente um pouco de como tá a sociedade e a política. Mostra também a importância das músicas para o período em que elas foram lançadas”.

Ano que vem, a projeção do professor John Souza é expandir a Culminância do projeto para todas as escola da rede municipal que tenham 8° e 9° anos.

Share This Article
Leave a comment