“TerPaz” proporciona redução histórica nos índices de criminalidade no bairro do Guamá, em Belém

Richard Kill
Richard Kill
4 Min Read

Queda no índice de crimes violentos letais chegou a 60% após implantação das ações do programa

Os investimentos do Governo do Pará em assistência social e segurança pública vêm mudando a realidade dos mais de 100 mil moradores que habitam o bairro do Guamá, em Belém. A implantação do programa “Territórios pela Paz” fortaleceu o policiamento na área e cooperou para a redução histórica nos indicadores de crimes violentos no bairro, que chegou a 63%.

O “Territórios pela Paz” foi implantando em 23 de setembro de 2019 com o objetivo de promover ações integradas para coibir crimes e potencializar ações sociais, consolidando as políticas de Estado em áreas definidas pelo setor de planejamento, e com base nos dados levantados pela inteligência e análise criminal. As ações de segurança foram desenvolvidas em três fases: a primeira, de ocupação, a segunda, de estabilização e a última, de aproximação.

Essa última fase foi consolidada na última quinta-feira (12), com a entrega de mais uma Usina da Paz, localizada estrategicamente no centro do bairro. É o 9º complexo entregue pelo governador Helder Barbalho. O espaço tem capacidade para receber cerca de 1.500 pessoas por dia e conta com dois prédios de atendimento, espaços esportivos e pedagógicos, todos adaptados para acesso de pessoas com deficiência (PcDs).

Todas essas iniciativas contribuíram para os dados positivos divulgados pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), que mostram que os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) – que englobam homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte – se comparados os 1.195 dias antes da chegada do Programa, quando foram registrados 232 casos de CVLI, com o mesmo período após o estabelecimento das ações, quando foram computados 84 registros, houve a preservação de 148 vidas. Os números compreendem o período anterior, de 14 de junho de 2016 a 22 de setembro de 2019, e o pós do dia 23 de setembro de 2019 até 31 de dezembro de 2022.

Ainda segundo o levantamento, o crime de roubo, nesse mesmo período de 1.195 dias, antes e depois, os números apontam queda de 44,19% no bairro, ao computar 8.807 antes e 4.915 ocorrências após a chegada do TerPaz.

“Realizamos levantamentos de inteligência e planejamentos estratégicos para que, com as ações e o choque operacional, conseguíssemos reduzir esses números. Atualmente chegamos a mais de 60% de redução, acreditamos que estamos no caminho correto e que a redução está vindo. Com a inauguração da Usina da Paz, seguiremos trabalhando de forma integrada aos outros órgãos do Estado e certamente iremos melhorar muito mais esses indicadores”, afirmou o secretário de Estado de Segurança Pública, Ualame Machado.

Mais de 300 agentes de segurança e 120 veículos (entre viaturas e motocicletas), além da cavalaria, foram empregados nas operações no bairro. Atualmente, as ações policiais seguem sendo desenvolvidas por meio do policiamento ostensivo, de forma estratégica, reforço nas unidades policiais em torno do bairro e videomonitoramento, para garantir ações assertivas e a redução continua nos indicadores.

Share This Article
Leave a comment