Veja quem são os suplentes dos vereadores de Belém que vão disputar as eleições deste ano

Richard Kill
Richard Kill
4 Min Read

As eleições gerais de 2022 podem provocar mudanças de parlamentes na Câmara Municipal de Belém (CMB), já que oito vereadores da Casa serão candidatos à Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) e à Câmara dos Deputados. Se eleitos, Zeca Pirão (MDB), Gleisson Oliveira (PSB), Enfermeira Nazaré (PSOL), Mauro Freitas (PSDB), Altair Brandão (PC do B), Lívia Duarte (PSOL), Bia Caminha (PT) e a Bancada Mulheres Amazônidas serão substituídas pelos suplentes de seus respectivos partidos.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), a saída de cada vereador eleito é sucedida pelo suplente de cada partido. “No entanto, se o partido tiver mais de um vereador que será candidato, quem vai substituir quem é escolha do partido”, afirma a coordenação de Comunicação do Tribunal.

Ainda segundo o TRE-PA, a Resolução nº 23.611, de 19 de dezembro de 2019, publicada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), estabelece que “serão suplentes do partido político que obtiver vaga todos os demais candidatos que não foram efetivamente eleitos, na ordem decrescente de votação”, em acordo com artigo 112 do Código Eleitoral.

Com 5.070 votos computados nas eleições de 2020, para a CMB, Wellington Progenio Magalhães é o primeiro suplente do MDB. Caso o vereador e presidente da Câmara, Zeca Pirão, for eleito para a Alepa, Wellington Magalhães deverá ocupar o seu lugar. Da mesma forma, Márcio Rodrigues dos Santos (PSB), que recebeu 3.579 votos quando disputou as vagas da Câmara, poderá substituir o vereador Gleisson Oliveira (PSB), que é também candidato à Alepa.

Ex-presidente da CMB, Mauro Freitas (PSDB), vereador reeleito em 2020, tenta uma vaga para a Câmara dos Deputados, em Brasília. Se for bem sucedido, será substituído na CMB por Cláudia Vinagre de Melo, que recebeu 4.955 votos e se tornou a primeira suplente do partido.

A primeira suplente do PT é Milene Risuenho Lauande. Embora não tenha conseguido a eleição, foi a escolhida por 2.416 eleitores, o que a colocou na primeira suplência do partido. Ela poderá se tornar vereadora, caso a parlamentar Bia Caminha, que é candidata à Alepa, for eleita.

Se Lívia Duarte, Enfermeira Nazaré ou a Bancada Mulheres Amazônidas for eleita – para a Alepa ou para a Câmara Federal, respectivamente – quem ascende ao posto de vereadora de Belém é Sílvia Letícia, que neste ano também disputará uma vaga na Alepa. Em 2020, Sílvia Letícia recebeu 2.666 votos, ficando atrás de Gizelle Freitas, da Bancada, e Enfermeira Nazaré, que conquistaram suas vagas em seguida, após mudanças na composição da Casa.

Veja quem são os suplentes dos vereadores de Belém que serão candidatos:
Zeca Pirão | MDB – candidato à Alepa / Suplente: Wellington Progenio Magalhães
Gleisson Oliveira | PSB – candidato à Alepa / Suplente: Márcio Rodrigues dos Santos
Nazaré | PSOL – candidato à Câmara Federal / Suplente: Silvia Leticia D Oliveira da Luz
Mauro Freitas | PSDB – candidato à Câmara Federal / Suplente: Cláudia Vinagre de Melo
Altair Brandão | PCdoB – candidato à Alepa / Suplente: Ellana Fiama Souza da Silva
Lívia Duarte| PSOL- candidato à Alepa / Suplente: Silvia Leticia D Oliveira da Luz
Bia Caminha| PT – candidato à Alepa / Suplente: Milene Risuenho Lauande
Bancada Mulheres Amazônidas | PSOL – candidato à Câmara Federal / Suplente: Silvia Leticia D Oliveira da Luz

Share This Article
Leave a comment