Belém ganha mais uma subestação de energia elétrica

Richard Kill
Richard Kill
3 Min Read

Nesta sexta-feira, 24, a Equatorial Pará entregará uma nova subestação de energia em Belém: a SE Batista Campos (Avenida Generalíssimo Deodoro, entre Pariquis e Caripunas), a primeira do estado compacta e isolada a gás, o que requer menor espaço de implantação, tem um menor custo de manutenção e, principalmente, uma tecnologia que possui mais segurança para a população e para o sistema elétrico. A obra, que além da construção, contou com investimento tanto em uma linha quanto na rede de distribuição, soma o valor de R$26,08 milhões, que beneficiará cerca de 70 mil pessoas e aumentará a capacidade do sistema, com ainda mais qualidade e continuidade no fornecimento de energia na capital paraense.

Com a nova subestação de energia, oito novos alimentadores irão atender as cargas dos conjuntos das regiões da Cremação, Independência, Jurunas e Reduto. Além disso, haverá adequação do carregamento dos transformadores das subestações Reduto e Independência, o que permitirá uma melhor divisão da quantidade de consumidores por alimentador, que trará mais flexibilidade operacional e reduzirá o tempo de indisponibilidade quando houver algum imprevisto.

A subestação, que é de grande porte, terá uma potência instalada de até 60MVA, o que garantirá atendimentos a novos empreendimentos e contribuirá com o desenvolvimento econômico da região.

A subestação Batista Campos foi projetada para operar com tecnologias avançadas do segmento de alta tensão, com sistema automático de recomposição em casos imprevistos. A comunicação da subestação será feita 24 horas por dia e realizada através do Centro de Operações Integradas da Equatorial Pará. A subestação também contará com a tecnologia de sistema de medição operacional a qual ajudará no controle de demanda de combate a perdas de energia na localidade.

Para Márcio Caires, presidente da Equatorial Pará, a entrega da nova subestação, além de melhorar a vida de milhares de clientes, com mais qualidade do sistema, simboliza, também, o compromisso da distribuidora de energia com o desenvolvimento do estado.

“Até o final do primeiro semestre deste ano, entregaremos 12 obras novas em todo o Pará. Estamos comprometidos em prestar, cada vez mais, um serviço de qualidade em todos os cantos do estado. A subestação de Batista Campos conta com o que existe de mais moderno no setor elétrico. Estamos orgulhosos pela entrega desse investimento, com tecnologia de ponta, para Belém”, afirma Márcio.

Cultura

O muro da subestação é uma obra de arte a céu aberto. Para valorizar a cultura local, o projeto Cores do Pará, que tem o patrocínio da distribuidora de energia, fez pinturas em grafite que retratam aspectos sociais e culturais do povo paraense. Além disso, no dia da inauguração, haverá apresentação musical com artistas da terra.

Share This Article
Leave a comment